Industrial Explosion Protection

 

Prevenção & Proteção de Explosões de Nuvem de Pó de Açúcar

O açúcar apresenta risco de combustão quando em forma seca e em pó. Uma explosão de uma nuvem de pó de açúcar refinado pode gerar uma sobre pressão de 100 psi dentro de um equipamento de processo fechado em menos de 100 milissegundos. A indústria dispõe de ferramentas recentemente atualizadas para administrar este risco na forma de normas publicadas pela NFPA (National Fire Protection Association).

As normas NFPA que cobrem prevenção e proteção de explosão (68-2007, 69-2008, 654-2006) exigem que um programa de risco documentado seja usado para todos os riscos de pós combustíveis. O Programa de ênfase Nacional OSHA sobre processos de pó combustível lançado em 18 de outubro de 2007 delineia as exigências completas destas normas NFPA.

O proprietário / operador de um processo de uma instalação de manuseio de açúcar se defronta com a escolha das medidas de segurança que podem ser combinadas para atender às exigências destas normas. Uma ou mais das seguintes alternativas de segurança deverá ser cuidadosamente empregada:

  • Medidas de limpeza
    Eliminar ou minimizar acúmulo de pó combustível através do projeto ou controle de procedimentos de operação.

  • Aterramento de equipamento e sistemas elétricos adequados
    Eliminar ou minimizar o acúmulo de eletricidade estática e inspecionar periodicamente se estas se mantêm eficazes, especificar e utilizar equipamentos elétricos adequados para as áreas de risco na qual eles estão aplicados.

  • Ventilação do Equipamento:
    Ventilar os produtos da combustão de uma explosão de pó para uma área segura, limitando a pressão gerada dentro do equipamento a valores abaixo dos limites de segurança
    • Garantir que a bola de fogo gerada quando da abertura do painel seja aceitável
      • Utilizar ‘ventilação sem chama’
      • Utilizar duto para a atmosfera quando o equipamento for interno

  • Isolação de Equipamento:
    Introduzir barreiras para a propagação de chama que podem prevenir que uma explosão de pó primária se transforme em um evento secundário muito mais grave
    • Implementar válvulas rotativas apropriadas
    • Implementar transportadores helicoidais apropriados
    • Implementar barreiras de isolação mecânica
      • Válvulas Pinch
      • Válvulas Knife Gate
    • Implementar barreiras de isolação química (particularmente recomendadas para dutos largos e irregulares)

  • Supressão de Equipamento:
    Prevenir o desenvolvimento de uma explosão de pó, pela detecção em seu estágio inicial e extinguindo seu desenvolvimento através da injeção de um agente apropriado de extinção

  • Detecção de chama:
    detector óptico de presença de partículas quentes em um fluxo de ar pneumático ou esteira antes que eles atinjam o equipamento dentro do qual possam se tornar fonte de ignição

Os seguintes tipos de equipamento são tipicamente encontrados nos locais onde a nuvem de açúcar é processada ou manuseada:

  • Filtros / Coletores de pó
  • Transportadores Verticais (e.g. elevadores de caneca)
  • Transportadores Horizontais (e.g. esteiras)
  • Silos, Bins & Hoppers

Quando a nuvem de açúcar e ar são misturados em um espaço confinado, as consequências de uma explosão de pó são as maiores. Um equipamento de filtragem manuseando um pó combustível certamente conterá uma concentração perigosa de material sob condições normais de operação. Outros itens do equipamento podem conter uma “carga combustível” de material perigoso apenas temporariamente, talvez durante o início, término, carregamento ou descarregamento. Porém, enquanto está carga combustível estiver presente o risco não é menos grave. Se o potencial de uma carga combustível não puder ser eliminado, são necessárias medidas de proteção.


Sempre há opções referentes a prevenção de explosões de nuvem de açúcar e estratégias de proteção a ser empregadas. Informação referente a estas tecnologias pode ser encontrada em nosso site www.bsbipd.com. Para atendimento personalizado, por favor, entre em contato.